Pug

Pug

História e curiosidades

A raça Pug é bastante característica por vários detalhes. Primeiro, parecem versões miniatura de várias raças de cães como o Bulldog Francês ou mesmo o Mastiff, mas na verdade é uma raça específica por si só. Provavelmente a comparação mais correcta seria com o Pequinês.

A origem do Pug é bastante questionável pois existe uma serie de teorias. Duas das que se acredita estarem mais próximas da verdade indicam que eles surgiram perto do ano 400 a.C, e outra durante a dinastia Shang, que foi muito antes disso.

Durante a sua altura de crescimento, os Pugs foram expandidos até ao Tibete e os monges adoptaram de imediato esta raça. Foi só depois mais tarde, depois de dar provas da sua qualidade, que chegou a países como o Japão.

Foi necessário a Europa esperar até ao século XVI para ver a raça Pug a crescer. Um dos pontos mais altos foi quando um Pug salvou o próprio príncipe William II de Holanda de um ataque de um assassino espanhol, ladrando para ele.

Tanto artistas como mais pessoas da realeza começaram a adoptar esta raça, e como vemos a raça ainda hoje é bastante popular. Até a esposa do Napoleão usava um Pug para passar mensagens!

Características físicas

Não é uma miniatura de certas raças conhecidas, mas faz parte do grupo does cães miniatura, e a sua especialização é mesmo como cão de estimação. De aspecto compacto, todo o seu corpo deve ser proporcional ao seu tamanho mas com um bom físico.

Quando se fala em Pug, provavelmente a primeira imagem que te vem à cabeça para além do seu pequeno tamanho é a sua cabeça. Redonda, focinho achatado e bastante escuro, olhos também redondos e expressivos… são tudo características que tornam o Pug especial.

Características psicológicas

O Pug é um cão bastante fiel aos donos, uma das razões que o torna um bom animal de estimação. Por vezes até chega a ser chato, pois quer ir connosco para todo o lado, mesmo para os sítios que não é tão conveniente levá-lo,

Sendo um animal muito sociável, não o torna um bom cão de guarda. Para além de ser pequeno demais para isso, o mais certo era tornar-se grande amigo de alguém indesejado que quisesse entrar na nossa casa sem ser convidado.

As mulheres são as que mais procuram esta raça. Animais carinhosos, inteligentes e brincalhões, sociáveis e adoram colo, são algumas das características que elas procuram num animal de estimação e os Pugs cumprem todos esses requisitos.

Cuidados a ter

Mas infelizmente nem tudo é bom nesta raça. São cães que se cansam com alguma facilidade, o que faz com que engordem com facilidade pela falta de exercício. Para além disso largam muito pêlo, o que faz com que pessoas com certas alergias não possam estar perto.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Cães:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook