Efeito do frio nos cães

Cão na neve

O inverno é uma altura terrível para nós devido ao frio, somos obrigados a andar na rua muitas vezes à chuva para fazer o nosso dia-a-dia. E os cães também sofrem com o inverno, independentemente de terem muito ou pouco pêlo! O que vamos fazer na continuação é mostrar alguns dos factores que poderão influência a resistência ou falta dela ao frio.

A raça

A tolerância ao frio depende praticamente da raça que se trata. Há raças que estão mais que habituadas ao frio como é o caso do São Bernardo e o Husky Siberiano, no entanto outras que estão habituadas a climas quentes devem estar bem protegidas do frio.

A idade

A idade do animal também influencia. Ser um recém-nascido ou um animal mais idoso fará com que sinta mais frio devido ao seu corpo frágil. Vamos ver alguns conselhos para proteger os nossos cães do frio.

O tamanho

Quanto mais pequenos forem, mais vulneráveis estarão ao frio. Aconselha-se inclusive que caso tenhas cães pequenos a viver no quintal, deves deixá-los dormir em casa nas noites frias, para garantir que não apanhem uma gripe ou algo pior.

O pêlo

Algo que podemos observar na maioria dos cães que suportam bem o frio é o facto de disporem de muito pêlo, ou que esse pêlo seja espesso o suficiente para proteger a própria pele. Por isso quanto mais pêlo tiver, normalmente mais protecçâo ao frio terá.

A protecção

Por muito frio e chuva que esteja, o cão tem de ir à rua fazer as suas necessidades. A não ser que tenhas um quintal coberto, o melhor será mesmo adquirires um impermeável para o animal não sentir tanto o frio e chuva. Vê bem as medidas do impermeável para que lhe fique que nem uma luva.

Se ele dorme numa casota no quintal (o que é perfeitamente normal, nem todos gostam que o animal passe 24 sobre 24 dentro de casa), procura que esta esteja bem isolada e limpa. Deve ser de um material que não transmita demasiado frio (como a borracha e a madeira) e resistente para aguentar quaisquer alterações climatéricas.

A dieta

A própria dieta do teu animal de estimação deve ser revista para esteja sempre saudável e com as suas defesas a 100%. Imaginando que a temperatura cai para metade do seu valor, o ideal será dar-lhe o dobro da comida, pois ele vais necessitar dessa energia.

Mas apesar do aumento das porções de comida, não lhe dês muita gordura. A fibra é dos elementos que deves procurar mais, para evitar chegar a primavera e o teu cão ter ganho o triplo do tamanho.

O calor

Pode parecer um pouco ridiculo falar sobre isto por ser bastante óbvio mas merece igual destaque. Se mantermos o animal em casa ao pé de zonas onde haja calor, é uma excelente forma de proteger o animal. Se mantiveres o animal fora de casa mesmo com todo o frio que esteja, será mais difícil manter o animal quente.

Os banhos

O recomendado seria mesmo não se dar banho aos cães durante o inverno pois faz-lhes mal as mudanças repentinas de temperatura no seu corpo, e normalmente reagirão mal caso as devidas precauções não sejam tomadas. Mas sabemos que nem sempre é possível manter um animal limpo sem um bom banho no mínimo uma vez por mês, por isso deves tentar secar o seu pêlo o máximo possível depois de um bom banho.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Cães:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook