Akita Inu

Akita Inu

História e curiosidades

O Akita Inu é uma raça de cães provinda do Japão e que já conta com 5 milénios. Já nessa altura, os Akita Inus acompanhavam os samurais nas suas jornadas. No anos 20 o Akita Inu foi decretado património do Japão pela sua importância ao longo da história.

Esta raça foi baptizada de acordo com o nome de uma região nortenha do Japão com o mesmo nome. Sendo desde sempre uma raça lindíssima, este cão viajou por vários pontos do mundo, mas nem tudo foram coisas boas para o Akita Inu.

Em certa altura o pêlo do Akita Inu era usado para vestuário, e a demanda quase que fez com que a raça se extinguisse por completo.

Características físicas

Não é um cão muito grande, inclusive podendo chegar aos 70 centímetros de comprimento. Mas possui bons musculosos, e todo o seu corpo é proporcional. Focinho comprido e olhos cinzentos, as suas orelhas também são pequenas.

Pegando novamente no pêlo desta raça, este é em abundancia e serve para o proteger do frio que pode-se fazer no Japão. Este pode ser encontrado em vermelho e em branco. Como poderás ver na nossa galeria de fotografias, a cor vermelha/castanha/laranja é a mais comum entre a raça.

Características psicológicas

É um animal que tem de tudo. Força, inteligência, energia… um cão com C grande, pode-se dizer assim. É um animal bastante corajoso, e não se deixa intimidar com facilidade. E apesar de tudo isto, não é uma raça agressiva por natureza.

Leal, dispõe de um instinto de caça bastante apurado mas nem por isso é um animal agressivo para com os seus donos ou outros animais amigos. Só veremos ataques de agressividade caso ele se sinta ameaçado, e mesmo assim só atacará se necessário.

No entanto devemos alertar que este animal não é tão paciente com as crianças ao contrário da maioria dos cães. Cão leal e bem comportado sim, mas não serve para brincar com as crianças. Irá protegê-las de qualquer ameaça, mas não irá participar nas suas brincadeiras.

Cuidados a ter

É um animal que para além de exercício, precisa de uma educação firme. Ele gosta de ser independente, no entanto pode tornar-se desobediente caso apliquemos uma educação desleixada.

A falta de exercício fará com que o animal se torne preguiçoso e cria também desobediência. Como vês, é um excelente cão, cumpre todos os requisitos que um adulto deseja (tirando a atenção com crianças), mas que necessita dum dono experiente e de mão firme para tirar o melhor de si.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Cães:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook